NOVA ORDEM MUNDIAL PROPÕE MOEDA ÚNICA DA UNIÃO EUROASIÁTICA



O primeiro-ministro da Rússia, Dmitri Medvedev, na sua intervenção no fórum de negócios Espaço Econômico Único: novas possibilidades de desenvolvimento industrial em São Petersburgo, sugeriu refletir sobre a possibilidade de introdução de uma moeda única na União Económica Euroasiática, que cinco países da CEI planejam criar até 1 de janeiro de 2015.

Segundo Medvedev, a moeda única ainda não é objeto de debate atualmente, mas é necessário pensar em sua introdução já agora, levando em conta a instabilidade nos mercados globais.

A Nova Ordem Mundial (NOM) trata-se de um grupo poderoso e secreto que estaria planejando dominar e escravizar o mundo através de um governo mundial único. A Nova Ordem Mundial seria um plano com o objetivo de derrubar governos de todo o mundo, bem como erradicar em todo o mundo todas as religiões e crenças, para unificar a humanidade sob uma “nova ordem”, que seria baseada em uma ideologia extremamente uniforme, uma moeda única e uma religião universal.
As principais economias emergentes do mundo, sob a liderança da China e da Rússia, têm apelado repetidamente nos últimos meses para a necessidade de ser criada uma nova reserva monetária mundial que substitua o dólar e ponha fim à dominância financeira mundial dos Estados Unidos, desde 1944, data da assinatura do acordo de Bretton Woods.

A iniciativa de Medvedev pode ser entendida como um inteligente golpe de relações públicas destinado a dizer às principais potências mundiais que, apesar da sua resistência e ceticismo, os países emergentes, produtores de quase metade do PIB mundial, estão decididos a impor aos países ricos novas regras de governança das finanças globais.

0 comentários:

Postar um comentário