O Reino dos Céus: A Verdadeira Vida!

Por Caio
Cristo veio trazer a vida! E se é vida que você quer é de vida que você deve viver! A essência do que Jesus disse é a seguinte: o reino dos céus é um lugar onde ninguém prejudica ninguém, todos ajudam uns aos outros e servem uns aos outros, então se você quer um reino assim, comece por você! O bem que você quer que os outros te façam, faça você primeiro a eles! Você Colhe o fruto equivalente a sua semeadura! Como posso plantar, maldade, dissenções e injustiças e colher amizade paz e plenitude! Plante caos colha catástrofe!

Seja puro, Jesus nos ensinou dessa forma! Bem aventurado é:

Aquele que não torna mal por mal, ou injúria por injúria; antes, bendizendo os que te maldizem, sem deixar nos converter ao que é mau em razão da maldade contra nós praticada!

Aquele que não nutri sentimento de vingança e nem aplaude quando o mal vem aquele que te faz mal, antes ore para que aquela tribulação leve ao caminho da Luz! A tribulação prova o valor da fé, traz experiência que o leva a sabedoria e maturidade.

Bem aventurado os humildes, os ensináveis, que por mais que tenham conhecimento, sabe que sempre há o que aprender!

Os pacificadores, mansos os que têm autocontrole, não surta na raiva, e não se entrega como um cavalo selvagem aos sentimentos carnais como a ira, ódio, amargura e ressentimento. Não diz falso testemunho, que não passa adiante fofocas.

Aquele que não é avarento, que é a idolatra e cobiça ao materialismo terrenas, pois a vida de qualquer não está na abundância do que possui, os que sabem que as riquezas verdadeiras não estão nesse mundo!

Aquele que trabalha não pela comida que perece, mas pela comida que permanece para a vida eterna! Quem espera recompensas nesse mundo jamais pode se dizer discípulo de Jesus!

Aquele que faz boas obras a favor dos o necessitado e não busca o seu próprio bem, mas sim o dos outros!

Tem discernimento, sabedoria e não é manipulável e influenciável, deixando se levar pelo fluxo da maioria como um rebanho alienado e por qualquer vento de doutrina, chamando de Líder aquele que Jesus chama de mercenário, chamam de meu guia aquele que Jesus disse que é um guia cego guiando outro cego ao precipício,  seguindo aqueles que confirmam a sua cobiça materialista, que ungem a sua arrogância e abençoam a sua revolta, e de forma sutil e cinista levam a irreconhecibilidade total do evangelho! te dando direito se fazerem acima dos outros, desprezando o pobre e humilde e aqueles que não fazem parte do grupo! 

Se a freqüência em uma instituição te faz crescer em fé, verdade e amor de acordo com o evangelho, freqüente! Se não, faz, então se reúna em casa, na rua, ou qualquer que seja o local para meditar sobre o evangelho, visto que, sem fé tudo é impuro, e sem amor nada se aproveita.

Paulo orienta a nos reunirmos e cantarmos hinos e louvores no meio da congregação ( da reunião ), a fim de motivar, animar uns aos outros (não é para agradar o Criador), a fim de que se fortaleça a fé! Ajudar aos que tem a fé fraca! Até quando? Até que amadureçam e tenham a plenitude e unidade da fé, daí é você ir e pregar a qualquer que precise ouvir, não por obrigação, mas de coração, porque você quer, pela fé!

O objetivo da reunião é UNICAMENTE  para fortalecer a fé! essa é a questão do Apóstolo Paulo!

Se a sua fé é plena e inabalável por natureza, não precisa de leite e instituição alguma.

Se você acredita que, participar de rituais, cerimônias, procissões te faz crescer em fé, assim o faça, mas não se iluda, não pense que a freqüência a instituição ou práticas litúrgicas foram orientadas por Jesus para que se alcance a vida! A reunião ajuda a crescer a fé só isso, não em outra finalidade! Buscar a Deus é no intimo, no espírito, não é necessário a instituição para alcançar e ser discípulo de cristo!

Se tem fé, seu coração busca a verdade, e a verdade é a vida, que deve ser vivida dia a dia para que se alcance a vida.

Afinal, qual é a minha religião? Eu sou católico, eu sou protestante, eu sou de Malafaia ou de Macedo? Paulo, repreendeu aos cristãos primitivas que dizendo: Eu sou de Paulo, eu de Pedro, e eu de João, não sejam meninos na fé, diga  eu sou de Cristo e não promovam divisões entre si.

Não creia no homem, não creia em mim, crede no evangelho do jeito que está escrito.

6 comentários:

Postar um comentário