O Jejum


Jejuar significa (abster-se de) normalmente é usado como abster-se de alimento por um certo período de tempo. No Velho Testamento, o jejum está geralmente associado com três coisas: tristeza (Juízes 20:26; 1 Samuel 31:13; 2 Samuel 1:12; 1 Reis 21:27; Ester 4:3; Salmo 35:13; Daniel 6:18); confissão de pecados (2 Samuel 12; 1 Samuel 7:6; Jonas 3:5; Neemias 9:1); e buscar a DEUS (2 Crônicas 20:3; Esdras 8:21, 23; Ester 4:16; Joel 1:14; 2:15; Neemias 1:4; Daniel 9:3). Muitas vezes estes elementos de aflição, confissão e oração foram juntados em períodos de jejum. Um dia regular de jejum foi observado pelos judeus  todos os anos: o dia da expiação (Levítico 16:31; veja Atos 27:9). O dia da expiação era naturalmente associado com aflição, confissão e oração, quando o povo se recordava dos pecados que havia cometido durante o ano e oferecia sacrifícios pela sua purificação.
Nos dias do Novo Testamento, os fariseus tinham transformado o jejum em um ritual e um espetáculo. Jesus ensinava que o jejum é para ser feito em particular e não para impressionar os outros (Mateus 6:16-18). Ele também ensinava que o jejum é para ser feito em ocasiões apropriadas, isto é, em tempos de aflição (Lucas 5:33-39). O jejum não é um ritual mecânico, para ser praticado simplesmente com o propósito de jejuar. Mas quando a tristeza, a culpa ou a necessidade por uma comunicação mais íntima com  O PAI.

Ainda que o Novo Testamento nunca ordene o jejum, ele mostra que os cristãos primitivos ocasionalmente jejuavam, quando as circunstâncias eram propícias. Por exemplo, em Atos 13:2-3, a igreja jejuava quando enviava dois dos seus professores numa longa viagem de pregação. Em Atos 14:23, as igrejas jejuavam quando indicavam anciãos. Jejuar nunca deveria ser pensado como um meio de manipular o favor do CRIADOR ou como um modo de fazer com que CRIADOR ficasse mais atento às nossas orações.


O QUE O FILHO (JESUS) ORIENTA?


Marcos 2:18
 
Ora, os discípulos de João e os fariseus jejuavam; e foram e disseram-lhe: Por que jejuam os discípulos de João e os dos fariseus, e não jejuam os teus discípulos?"


 Marcos 2:19-20
 
E Jesus disse-lhes: Podem porventura os filhos das bodas jejuar enquanto está com eles o esposo? Enquanto têm consigo o esposo, não podem jejuar; Mas dias virão em que lhes será tirado o esposo, e então jejuarão naqueles dias."

 

O FILHO FOI TIRADO, 3 DIAS FICARAM SEM ELE, NESSE PERÍODO TODOS DEVERIAM JEJUAR, ENTÃO O FILHO RESSUSCITOU E DISSE:

Mateus 28:20
 
  
e eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos. Amém.

 

O MANDAMENTO DO JEJUM FOI SÓ NA AUSÊNCIA DO FILHO, O FILHO RESSUSCITOU, O FILHO, HOJE ESTÁ ENTRE NÓS ATÉ O FIM DOS SÉCULOS OU NÃO?

SE O FILHO NÃO ESTIVER
PRESENTE: DEVEMOS JEJUAR!
SE O FILHO ESTIVER PRESENTE:  NÃO DEVEMOS JEJUAR!



Mateus 28:20 
  
e eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos. Amém.

3 comentários:

Postar um comentário