A dialética das religiões para aprisionar e escravizar as pessoas

O Poder Religioso sempre foi usado de forma MUITO eficiente para dominar, escravizar e controlar a sociedade, sempre foi a maior ferramenta de entorpecimento e atrofia intelectual. Sempre foi usada como porta de confinamento. Esse poder, por sua vez, é especialista em produzir fundamentalistas. Os fundamentalistas  lutam para que suas comunidades e nações voltem ao que, em sua opinião, são os alicerces morais e doutrinais adequado, fazem tudo ao seu alcance para forçar os outros a viver em conformidade com um código moral e um sistema de crenças doutrinais 'corretos'.

O fundamentalista tem a forte convicção de que ele está certo e os outros errados. No fundo, todas as religiões querem ser absolutamente puras e se consideram o único instrumento de Deus. Nesse anseio, os fundamentalistas se isolam, erguem barreiras psicológicas para se manterem à distância. Dessa forma, o mundo fica dividido em dois: os seus seguidores e os seus inimigos

A DIALÉTICA RELIGIOSA ESCRAVIZADORA

Nos dias de hoje, é muito comum observar que as pregações religiosas tem o objetivo de fisgar as pessoas para dentro da religião, nenhuma pregação é sem objetivo, o objetivo é sempre com o intuito de encaminhar as pessoas ao rebanho religioso. Jogam a rede, para depois, puxar as pessoas para dentro do cesto da religião. Dentro das instituições, eles advogam que o relacionamento com Deus, bem como a salvação da alma existe apenas na Organização Religiosa e Por Meio Dela. Ensino esse que jamais foi professado por Jesus ou os apóstolos.

 Criaram um sistema cuja dialética é de seita, que tem por fim deixar as pessoas dependentes de homens, não é do Criador. Por sugestionamento, as pessoas passam a acreditar que: A vida com Deus é vinculado a instituição, a salvação também, os frutos também, o conhecimento de Deus, também. EM FIM o Sistema é DEUS NA TERRA, um idolo, um mediador entre DEUS E os homens, chamando para si, tudo que é de Deus como se fora o próprio.

Toda a dialética voltada para aprisionar e escravizar as pessoas tendo como fonte de autoridade o "é bíblico" que funciona de acordo com os interesses das organizações. E é esse tipo de visão que é o berço do fundamentalismo, do fanatismo, da intolerância e do autoritarismo. Pessoas em pânico para converter amigos e familiares para dentro do sistema, caso contrário serão queimados por Deus. [ Por que para eles o sistema é o próprio Deus]

 Hoje, os que se proclamam “discípulos de Jesus” dizem que aceitaram a um Cristo corajoso, que mostrou as vísceras de um sistema hipócrita e combateu seus líderes, esses mesmos defendem com unhas e dentes o mesmo sistema que assassinou o Cristo a quem dizem seguir!

Se Deus é realmente amoroso, não iria ele deixar sua palavra, de modo a que qualquer um pudesse lê-la e ser salvo? Sem precisar ser escravo de homens, doutrinas, instituições e sistemas?

RELAÇÃO DE DEPENDÊNCIA.

Qualquer um que frequenta templos e instituições do processo religioso percebe:  Só se prega passagens desconexas para promover condenação e juízo para quem está fora da religião, relação de dependência para os que estão de dentro. Só  pregam velho testamento, textos triunfalistas e nada sobre Jesus!  Não é generalização, é simples observação e lógica. Empresas que querem ser bem sucedidas, tem que manter uma relação de dependência com seus funcionários. ASSIM TAMBÉM, SE UMA RELIGIÃO QUER SER BEM SUCEDIDA, PRECISA FAZER OS FIÉIS ACREDITAREM QUE ELA É NECESSÁRIA. Precisa "motivar" os fiéis a permanecerem lá. Caso contrário ela fecha. E para se manterem vivas, não poupam esforços no uso das ferramentas de manipulação, domínio e controle. Dente tantas, a mais comum de todas, é se colocar maldosamente como mediadores entre Deus e o homem, para que ninguém chegue ao Pai a não ser por eles.
 
PROIBIÇÃO DE QUESTIONAMENTOS 

Existe uma sedução por parte das instituições religiosas: "Não precisa mastigar sozinho; VOCÊ NÃO PODE ENTENDER AS ESCRITURAS POR SÍ SÓ, não precisa pensar. Aliás, quem é você para interpretar por si? Deixe a “Santa Igreja” "do santo magistério infalível da organização" entender as escrituras por você e apenas receba em fé e obediência” – Dessa forma as pessoas não precisam se dar ao trabalho de pensarem por si mesmas – e nem podem.

 Num ambiente religioso de autoritarismo, intolerância, ameaças e intimidações, as pessoas temem questionar a religião, pois pensam que estão questionando a Deus, temem serem hostilizadas e demonizadas tão somente por discordarem, por isso, elas possuem resistência em questionar, não gostam de analisar nem debater, como foi dito e agora salientando, existe uma sedução por parte das instituições religiosas: "Não precisa mastigar sozinho; não precisa interpretar por si, não precisa pensar. Aliás, quem é você para interpretar por si? Deixe Cristo interpretar a si mesmo através da “Santa Igreja” e apenas receba em fé e obediência” – Dessa forma as pessoas não precisam se dar ao trabalho de pensarem por si mesmas – e nem podem.

Jesus Cristo avisou: “Pelos seus frutos vocês os reconhecerão...Toda árvore boa produz fruto bom, mas toda árvore ruim produz fruto imprestável.” (Mateus 7:18) O “fruto imprestável”, é substituir a palavra do PAI pela palavra do homem, INTERPRETAÇÕES PROFÉTICAS DELIRANTES, rituais e tradições sem valor. (Mt 15: 9),  também estão inclusos a falta  de bondade, amor ao próximo e o farisaísmo (intolerância, autoritarismo, hostilização e demonização daqueles que pensam diferente)  –Exatamente, as mecânicas utilizadas pelo processo religioso.

Mateus 15:13
"Ele respondeu: Toda planta que meu Pai celestial não plantou será arrancada pelas raízes." [lideres e instituições]


3 comentários:

Postar um comentário