Como identificar um Falso profeta de Deus



. “E estes cães são gulosos, nunca se podem fartar; e eles são pastores que nada compreendem; todos eles se tornam para o seu caminho, cada um para a sua ganância, todos sem exceção.”(Is 56:11)


Pelo que buscam: 2Tm 3.13; 2Pe 2.3; Jd 1-4.
Pelo que ensinam: 2Pe 2.1; 2Jo 1:9-11; 1Jo 4.1-3.
Pelo que produzem: Gl 5.13; Hb 4.12; 2Co 11.13.



Sempre procura agradar aos homens, o falso profeta é sempre conveniente e fala somente o que os homens querem ouvir, “vc é mais que vencedor, Deus vai te fazer rico, tudo que pedir com fé vc terá, Davi venceu Golias vc vai vencer seus problemas financeiros, assim como foi feito com Jô será feito com você  com um sacrifício” e por ai vai e não importa o que digam, sempre querem tomar teu dinheiro com entendimento totalmente descontextualizados, pregadores de versos e não da verdade, associações maldosas e cruéis, tudo para o enriquecimento ilícito e imundo deles. Vamos pensar: Quais Líderes Religiosos seguem o exemplo de Paulo que trabalhava para se auto-sustentar e não pesar aos irmãos? (At 18:3, 20:34, 28:30, I Cor 9:15, I Ts 2:9 e II Ts 3:8). Como dito em profecias, no fim dos tempos, a palavra de Deus seria prostituída pela ganância, dinheiro, cobiça, por perversos e mercenários, ou seja, são aqueles que “trabalham” por dinheiro. Mas o trabalho deles é fazer absolutamente qualquer coisa por dinheiro e para quem pagar mais, não importam quem seja e qual seja o “trabalho”. Exemplo, o profeta Balaão (Nm, capítulos 22 à 24 e 31; Dt 23:4-5; Ne 13:2) que pregava e profetizava para quem lhe pagasse e pagasse mais. Outro exemplo é Geazi (aprendiz do profeta Eliseu) que quis receber recompensa material pela obra de Deus (II Reis 5). Outro, ainda, Judas Iscariotes que era o tesoureiro de Jesus (João 12:4-6) e furtava dinheiro do fundo e, não satisfeito, traiu Jesus por mais dinheiro (Mt 26:14-15), observe, sempre há menção negativa ao dinheiro e nunca positiva. No entanto. para apoiar a teologia da prosperidade citam SEMPRE o velho testamento,  o Rico próspero e poderoso Rei Davi e disfarçadamente menosprezam o humilde salvador Jesus, se esquecem dos valores mais importantes como amor, misericórdia, perdão, compartilhar, dividir, justiça etc..negam a cristo mas não deixam de falar o teu nome para não levantar suspeitas, citam quase que exclusivamente o velho testamento totalmente descontextualizado e ainda não nos informam que a antiga aliança foi a palavra de Deus para um outro povo, não para nós, conforme Paulo sempre orienta a não buscar recursos da velha aliança a qual já foi cumprida e abolida por cristo, todo aquele que busca faz a cruz de cristo vã Vamos raciocinar um pouco, se você fosse um falso profeta do tipo mais comum, o mercenário, e sua missão fosse prostituir a palavra de Deus pela ganância e corrupção que o dinheiro traz, como faria isso? Bem vamos la, se eu fosse um falso profeta existiria uma só medida a ser tomada divida em etapas.

 1° ato- Esquecer de dizer que o Antigo Testamento, foi dado exclusivamente para o povo de Israel (Dt 4:44), (Os. 11:1), (Dt. 23:3-5), (Is 43:3),(1 Cr 29:18) e deixar todos pensando que foi dado para nós.

2° ato – Fazer o mesmo que a Igreja católica medieval fazia: Dizer que todo aquele que discordar dele, é filho de Satanás, ou se tratando de um estudioso sério da Bíblia, intelectual, dizer que este não lê a escritura com olhos espirituais, a luz do Espírito Santo. Assim sendo poderia ele destorcer a palavra a vontade, pois apenas ele tem a luz do espírito, é tem a habilidade de entender o que não está escrito.

 3° ato – Se os dois primeiros atos foram estabelecidos com êxito, então agora no terceiro ato, será estabelecido algumas das leis do A.T. e ignorada totalmente outras. A principal Lei, acima de todas é o dízimo, baseada em (Malaquias 3:10), e em (Mt 23:23). Mas o falso profeta vai se esquecer de dizer que na passagem de Mateus Jesus falava ao Fariseu, que era um Judeu, e estava sobre a lei de Moises do AT, portanto até o sacrifício do Messias ser consumado, ele tinha a obrigação, como Judeu de oferecer o Dízimo, que lembrando, nunca foi dinheiro. O falso profeta, também deve se esquecer , de dizer que o Dízimo religioso era dado EXCLUSIVAMENTE à tribo de Levi (1Cr 15:2) (Hb 7.5), (Hb 7.11-12) e a ninguém mais. Esquecer se de que ele próprio, o falso profeta, não é Judeu, Israelitas e tão pouco Levita, para abdicar o direito do dízimo.

Ah que lindo, agora com todos os fiéis imitando aos Judeus, sem poder discordar de nada, e arrecadando o dízimo para a prosperidade financeira, qual seria a última medida que o Falso profeta Teria que tomar?

 4° ato – A única coisa a se fazer, agora, para que ninguém desconfie do enrriquecimento ilícito, seria, entrar de sociedade com uma empresa, vender livros, cds, dvds e declarar impostos fictícios e notas fiscais fantasmas. Assim ninguém levantaria suspeita contra ele. Bom mas se alguém com um pouquinho de entendimento, questionar matematicamente tantos bens, ele começa a coloca-los em nome de tercerios os chamados laranjas. Engraçado, não é assim também que fazem os políticos corruptos? Qual a diferença entre os Dois? O falso profeta não precisa de eleições.

 Bom, Agora que você conhece quais seriam as melhores se não as únicas medidas usadas pelos falsos profetas, que a Bíblia chama de prostitutas imundas, e grande prostituta  que prostituem a palavra de Deus pelo Lucro, ganância.(Ap 17:1) (Ap 19:2) (Ap 17:5) (Mt 21: 12) (Hb 5:1-6) (Mc 7:7). etc, etc, etc, Vamos Raciocinar: Quem tanto na época de Jesus e também nos dias de hoje fazem isso? O salvador Jesus quando brigava com alguém ele brigava exclusivamente contra quem?  Quem se sentia ameaçados por Jesus e o via como adversário visto que ele atrapalhava a arrecadação imunda de dinheiro? Quem assassinou Jesus? Respondendo a essas perguntas, nosso Salvador Jesus quando brigava com alguém ele brigava exclusivamente contra o sistema religioso, mais ninguém; O sistema religioso viu Jesus como adversário porque ele atrapalhava a arrecadação imunda de dinheiro, assim tramaram uma perseguição ferrenha a ele. Mataram Jesus e resolveram seu problema, apareceu depois Paulo e Estevão, para causar mais problemas para o sistema religioso e eles os assassinaram também.
Como na época de Jesus, hoje fazem tantos templos nobres mas falham em não dar aos pobres; o dinheiro usado fruto da arrecadação dos templos não são usados para fazer o que Jesus pediu e sim fazer o que ele não pediu. Como é que eu posso entrar num templo religioso Cristão dos dias de hoje, sabendo que este representa o mesmo templo que matou nosso salvador Jesus? Com direito a réplica da arca da aliança, bandeira secular de Israel, viagens a Israel, Monte Sinai, Fogueira Santa de Israel...Estão formando Cristãos imitadores de Judeus, faltam pouco para serem Judeus, e os Judeus negam a Jesus Cristo e vão aceitar o falso messias que vai se assentar ao trono de Deus e Dizer que é Deus (2Ts 2:1-4), e todos os imitadores de Judeus também vão aceita-lo. Não consegue perceber que tudo está sendo arquitetado por Satanás? Leia o Apocalipse. Compare um culto Judeu que representa o povo que matou Jesus e um Culto "cristão" nos dias de hoje, as doutrinas Judias e as Doutrinas desses falsos profetas? use o youtube e compare os dois.....Existe alguma diferença?... Depois de concluir que esses templos de hoje representam uma cópia exata dos Templos Judeus, que perseguiram e assassinaram o nosso salvador, como tem coragem de frequentar esses lugares?

10 comentários:

Postar um comentário