Efeitos da Teologia da Prosperidade

Por Verdade Re Oculta


Há alguns dias, li o resultado de uma pesquisa que afirmava que a taxa de suicídio tem sido maior entre os evangélicos. Fiquei surpreso com esse resultado, porque o verdadeiro evangelho é caracterizado pela paz que a graça de Cristo implanta no coração do homem. Alguns são levados a colocar Deus à prova, oferecendo aos pés dos pastores os seus bens mais valiosos. Eu afirmo a vocês que a grande maioria fica decepcionada com o resultado. Tenho me encontrado com pessoas em estado de depressão porque doaram carros, casas, apartamentos, dinheiro que, com muito sacrifício, foi poupado durante anos, que seria para pagar a faculdade dos filhos, realizar o sonho da casa própria e tantas outras necessidades e, agora, ficaram sem nada, perderam tudo. Muitos confessaram que sentiram vontade de morrer com vergonha dos filhos, parentes e amigos. E para piorar o estado psicológico dessas pessoas, os pastores lhes disseram que faltou-lhes fé, que algum pecado estavam cometendo, por isso não foram abençoadas.



Para cada um que testemunha, centenas estão sofrendo porque não têm o que testemunhar, a não ser desgraça. Com um cenário desses, não é de admirar que a taxa de suicídio tivesse maior incidência entre os evangélicos. Muitos cristãos enfrentam um conflito interno. Eles acreditam em um Deus Santo, Puro, Imaculado, um Deus que tudo pode, e ao olhar para dentro de si mesmos, encontram um ser pecador, indigno, imundo, aí surge o conflito: como posso alcançar as bênçãos de um Deus assim, sendo eu tão impuro? Então, pensam que somente através de grandes sacrifícios Deus é movido a abençoá-los. Alguns pregadores ensinam que se você quiser ser abençoado, deve doar todo o seu dinheiro ao pastor mais rico, pois se ele é rico, é porque está santo, e o que pedir, Deus concederá. (Judeus pensam assim).



Esses homens se baseiam no principalmente no AT a qual Paulo nos orienta a não retornarmos para não fazer a cruz de cisto vã. Baseiam-se também no NT na passagem de João. Se vós estiverdes em mim, e as minhas palavras estiverem em vós, pedireis tudo o que quiserdes, e vos será feito.(João 15:7) A condição é, se estivermos em cristo e cristo estiver em nós, nos pediremos o que for da vontade do pai e não aos nossos deleites, como foi dito em Tiago 4:2-3 “Pedis e não recebeis, porque pedis mal, para o gastardes em vossos deleites.” Ou seja orarmos e não recebermos retorno porque pedimos erradamente, onde a oração é feita em virtude de cobiça e inveja! Ou Marcos 10:35, para nossos interesses e proveito próprio. O pedido não deve ter como objetivo vantagem ou glorificação pessoal e sim glorificação de Deus, de acordo (Mc 10:35-37) (Mt.  20:20-21) e (Tg 4:2-3). Da mesma forma quando Jesus diz a Marta ,( tudo quanto pedirdes em meu nome eu o farei João 11.22) Analisando as situações em que tais palavras foram ditas, este versículo fala acerca da Ressurreição de Lazaro pela fé de Marta, algo impossível para qualquer homem. e não tem nada a ver com prosperidade, satisfação pessoal cobiça e dinheiro. Quem pede isso não conhece a Jesus. Quem rolou a Pedra do sepulcro de Lazaroo foi Deus?


Se as palavras de Jesus preencherem nosso pensamento, fala e ação, então, de fato, oraremos ‘em nome de Jesus’ e pediremos segundo a vontade do Pai e não as nossas cobiças. Sendo esta exigência cumprida no NT . Você pergunta se a teologia da prosperidade é anticristo e demoníaca? Ora, é claro que é. Por muito menos Paulo disse chorando que os judeus de seus dias q eram teologicamente puros aos que eram avarentos e propõe a prosperidade, eram “inimigos da cruz de Cristo”. Fl 3:18-20 . ou seja inimigos do NT. Amigo, realmente somos indignos, pecadores, imundos, mas aí vem a boa nova: Deus nos ama mesmo assim. Ele foi capaz de enviar seu filho querido para morrer, enfrentar tudo e todos em nosso favor quando éramos contrários à vontade Dele, e não cobrou um centavo; Seu prazer ERA aliviar o sofrimento humano, e não precisamos fazer mais nada, pois tudo Cristo já fez por nós, agora, só nos resta amar uns aos outros como ele o fez. Esse é o nosso Deus. ( Quer dinheiro?Trabalhe  não  peça isso)

2 comentários:

Postar um comentário