O que Paulo abandonou ao se converter ?

Por Dinho
Acaso não lemos o que Paulo abandonou ao se converter? Paulo um hebreu da tribo de Benjamin, praticante zeloso da Lei, fariseu. Quando caiu as escamas de seus olhos, percebeu que tudo aquilo era ESTERCO. O apóstolo Paulo escreveu: “examinar a tudo e reter o que for bom” (1 Ts 5:21), As pessoas estão acostumados a  aceitar sem questionar, assim como na época medieval, tudo o que ensinam do palco como verdade suprema, sem pensar, analisar ou questionar. A verdade é que são acomodados e preguiçosos, não querem ler e estudar as Escrituras, preferem que alguém  faça isso por eles, típico do povo brasileiro isso facilita a vida dos Falsos profetas que  destorcem, manipulam e pregam suas heresias da teologia da prosperidade. Paulo largou é, o que talvez te prenda hoje, O Sistema Religioso com muitas regras e deveres como se o que o Salvador fez não fosse o suficiente e precisasse hoje fazer todo o sacrifício para se obter a vida eterna. Nos dizem até mesmo que se não estiver filiado a uma denominação estamos desviados dos caminhos do criador. O que diriam então de Paulo?  Paulo afirmou: tudo que aprendi no Sistema Religioso me serviu de escória (escória é eufemismo pra merda). (Fp 3:8).

Se as pessoas conseguissem ver como Paulo viu, elas não estariam ligadas a religião nem a dogmas mortos, ao invés das pessoas se preocuparem com o próximo como orientou nosso Salvador, elas vivem pra si. Paulo e Estevão, utilizavam algumas tendas para se abrigarem a noite, recrutavam anciões (na Bíblia traduzida como Pastores), para espalhar as boas novas da graça e dispensação da lei, mas ficou bem claro, “ide e pregai o evangelho”, não é “vide para o templo escutar, cantar e dançar”(João 4:20-24),(Mc 16:15),(Atos 5:20), Jesus orientou que, deveríamos servir uns aos outros como ele nos serviu (Mt 20:27-28) disse ainda que aonde dois ou mais estiver no nome dele ali ele estará, também disse que em silêncio, em seu quarto, em espírito orando ele também estará (Mt 6:6).

A escritura não diz para ir ao templo de pedra em momento algum, Jesus nunca orientou a termos denominações nestes lugares, ele próprio não tinha, a unção para aprendermos lendo as escrituras através do espírito de Deus. (1 João 2:27 ). De fato Paulo disse ao povo de Corintios, que se fossem cantar e orar que seja com espírito e entendimento (Co 14:14-16), ele não viu problema nisso, lembre-se a carta de Corintios é uma carta corretiva, e não com caráter de legislativo, ele está corrigindo e não instituindo, mas jamais afirmou que cantar hinos de louvor em templos de pedra edificado por homens fosse prioridade. Prioridade é amor (Co 13:13). Estevão, Paulo, Jesus e tantos outros foram mortos pelos Líderes Religiosos Sacerdotes dos templos , agora eu te pergunto : existiu alguém maior que Jesus ou seus discípulo pra destruir esses templos? Se não, então eles continuam através dos séculos enganando milhares de pessoas? Ensinando as mesmas doutrinas que ensinavam na época de Jesus e seus discípulos, que eram na época, considerado Herejes? Se um templo de pedra fosse bom, porque Jesus então quis derrubá-lo? (Mt 26:61). Ele ergueu algum templo de pedra?

10 comentários:

Postar um comentário